...

Gota de luz dourada, ponto ínfimo, esvoaçando junto ás estrelas na imensidão do Universo, de constelações em galaxias, de sonhos em emoções, de fantasias em imaginação ...


Goutte de lumière dorée, point infime, virevoltant avec les étoiles dans l'immensité de l'Univers,de contellations en galaxies, de rêves en émotions, de fantaisies vers l'imagination ...






segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Lotus - Noite de outono- la nuit d'automne

La nuit d'automne
 
La lune d'automne luit dans l'eau limpide.
Sur le lac du sud, je cueille des fleurs de lotus
Elles se dressent dans leurs blancheurs comme si elles voulaient me parler.
L'homme dans la barque est plongé dans une grande tristesse.
 
Li Po (poète romantique de la dinastie Tang)




Noite de outono
A noite do Outono luze nas águas límpidas.
Sobre o lago do sul, colho flores de lotus
Elas erguem-se na sua brancura como se quisessent falar-me.
O homem no barco está mergulhado numa grande tristeza.
 

Li Po ( poeta romântico da dinastia Tang)


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Os varios reinos no novo mundo


"A vida tal como vocês a vivem não é a vida. A vida real é muito diferente, e a partir do momento que vocês estejam limpos e sejam elevados a uma outra frequência vibratória, poderão começar a perceber o que é verdadeiramente a vida.

Na vida real, não há nenhuma experiência difícil, não há nenhum tormento, nenhum medo. Na vida real, não há nenhuma desarmonia! Na vida real tudo é beleza, harmonia, todos os reinos vivem em perfeita harmonia uns com os outros, mas sobretudo cada reino serve o reino seguinte, quer dizer, o reino mineral dá o melhor de si mesmo para ajudar o reino vegetal, assim como os reinos animal e humano.

De que forma o reino mineral poderá ajudar o reino humano no vosso mundo futuro? Com as extraordinárias propriedades dos minerais! Vocês conhecem-no muito pouco, e infelizmente usam com frequência muito mal tudo o que esse reino vos poderia trazer.

Dentro um tempo agora relativamente curto, os seres que viverão no novo mundo poderão realmente entrar em contacto com o reino mineral. Eles poderão perceber não só a beleza que seus olhos lhes permitirão ver, mas de certa forma eles poderão perceber a alma dos minerais. A palavra "alma" não é bem adequada, porque o mineral não tem alma como um ser humano, mas tem uma energia especial, uma energia de vida; gostaríamos de dizer que nele, como em todas as coisas vivas, há a Centelha Divina.

Vocês vão realmente aprender a conhecer tudo o que o reino mineral vos pode trazer, quer seja uma pedra preciosa, um cristal ou uma rocha, e até mesmo uma pequena pedra, pois é tão importante quanto outro mineral qualquer. Claro que não emana da rocha ou da pedra a mesma energia de um quartzo ou de um diamante. No entanto cada parte do reino mineral tem grandes especificidades e uma grande potência.

Quando vocês entrarem em contato com o reino mineral, estejam certos de que vos serão dadas grandes alegrias, porque de certa forma isso será um contato de energia para energia (não de coração a coração porque esse reino não tem coração), um contato de vibração a vibração. Portanto este reino vai trazer-nos imensas coisas tanto para agradar aos olhos como para a troca profunda que poderá ocorrer entre ele e os outros reinos.

O reino mineral tem muita utilidade para o reino vegetal. Ela permeia o solo de nutrientes de que o mundo vegetal precisa para brilhar, para estar na sua melhor forma; (na verdade, não são nutrientes mas sim energias, a que damos esse nome para vossa compreensão). Neste momento, o reino vegetal cumpre a sua missão em relação aos reinos humanos e animal.

O reino vegetal também tem uma especificidade. Emana de cada flor não apenas um perfume agradável para os seres humanos, mas também muito agradável para o reino animal. Além disso, o reino vegetal alimenta e cura os reinos animal e humano. No dia em que entrarem em comunicação telepática com o reino vegetal, compreenderão a sua imensa utilidade, o seu poder e a sua imensa importância para a vida de um planeta e de tudo o que vive sobre ele.

O reino vegetal traz o equilíbrio entre os vários reinos. Tem uma grande importância, e se amanhã ele não existisse, a vida deixaria de existir também, ou pelo menos seria muito difícil. Como poderiam viver num deserto onde nada cresce? (Nos vossos desertos, é claro, algumas plantas se adaptam, apesar de serem raras, elas conseguem trazer equilíbrio ao reino animal, e por vezes até mesmo ao reino humano que se pode alimentar delas).

Quando vocês estiverem no próximo ciclo, estarão muito mais em relação telepática, vibratória, e até "emocional", não no emocional como vivem os humanos, mas no sentir da vibração Amor que emanará dos reinos mineral e vegetal.

Estes dois reinos têm, por isso, uma grande utilidade ao equilíbrio da vida.

Vamos agora falar do reino animal.

É um reino que vocês não conhecem bem! Não imaginam até que ponto pode have rnele inteligência e Amor. Muitas vezes, os seres humanos dizem que os animais não têm alma. Nós dizemos: os animais têm uma alma!

Mesmo que essa alma seja diferente da vossa a nível da criação, da inteligência, cada animal tem uma alma, uma pequena parte de energia inteligente que regista imensas coisas, situações, elementos afetivos e memórias, porque os animais têm memória. Um animal tem imenso Amor, mas muitas vezes vocês não conseguem perceber ou sentir o Amor que ele vos pode dar. Vocês consideraram sempre um animal como um simples animal, mas nós dizemos que os animais são como vossos irmãozinhos. Todo o Amor que vocês puderem dar a este reino permitirá que ele progrida mais rápido, que fortaleça a pequena célula de energia, na qual todas as suas experiências se imprimem e que vocês podem considerar como o início de uma alma.

Todo o Amor que vocês puderem dar aos animais será devolvido à alma grupo de cada espécie, e às vezes mais além disso, porque um animal não poderá fundir-se na alma grupo se desenvolveu essa pequena célula de energia o suficiente, se a impregnou o suficiente, se imprimiu nela o Amor e da beleza e toda a memória que existe no reino animal. Se assim não for, ele não irá passar de alma grupo.

O seu próximo ciclo será o da alma humana. "A alma" do animal, portanto, irá para um plano onde será preparada para investir num corpo material. Obviamente, do reino animal para um corpo humano material e para a alma humana, há uma preparação nos mundos não-físicos, nos mundos invisíveis do espírito, para reforçar essa pequena alma de modo que, quando tomar um corpo físico, não fique demasiado perturbada.

Isso só poderá acontecer se o animal, seja qual for a sua espécie, tiver recebido grande Amor do reino humano. Se assim não for, ele irá misturar-se na alma grupo até que ela seja forte o suficiente para ter uma alma e um corpo humano.

Em breve, no próximo ciclo, os homens corresponderão permanentemente e telepaticamente com o reino animal. Nessa altura, os animais serão realmente considerados como irmãos dos homens.

A telepatia, ou seja, a capacidade de comunicar por pensamento, é algo que existe em todo o universo. Neste momento, só neste mundo a telepatia está adormecida. Imaginem simplesmente que vocês vieram a uma escola extremamente difícil, que se pode assemelhar a uma prisão em comparação com o que vos espera e que vocês deixaram, porque muitos de vocês se ofereceram voluntariamente para encarnar neste final de ciclo para viverem a transição, principalmente para viverem a energia desta transição.

A Terra seguinte verá a perfeita harmonia entre os reinos. O reino animal que voltar a este mundo será constituído por almas animais que conheceram o Amor e que escolheram viver neste reino, porque ele também traz evolução; aliás, todos os reinos trazem evolução.

A alma humana não poderá, por prazer, assumir uma forma animal, mas no mundo futuro uma alma humana poderá entrar em simbiose, em unidade perfeita com um animal para poder viver o que vive e sentir o que ele sente. Por seu turno, o animal sentirá um pouco o que corresponde ao homem, e poderá também sentir as "emoções" e as alegrias do homem. No novo mundo, a relação entre os vários reinos será totalmente diferente do que é atualmente.

Entretanto vocês já se deram conta que aqueles a que chamam animais estão a tornar-se cada vez mais inteligentes. Vocês percebem que eles vos entendem. Os vossos animais de estimação olham-vos com grande Amor.

Se vocês se dirigirem, sem qualquer medo, aos animais que chamamos "livres" e que vocês chamam "selvagens", eles poderão sentir igualmente Amor por vocês, como vocês podem sentir Amor por eles. Os animais livres, as feras por exemplo, sentem o medo que os homens têm deles. Pela lei da ressonância, esse medo desenvolve neles uma espécie de agressividade e, nessa altura eles podem tornar-se perigosos para os seres humanos.

No novo mundo que vos espera e que está preparado para vocês em outro plano, tudo será diferente, por isso devem preparar-se para essa diferença. Devo dizer-vos que tudo o que pertence à terceira dimensão permanecerá na terceira dimensão. Vocês não levarão convosco nenhuma preocupação, nenhuma tristeza, nenhum sofrimento, nem sequer levarão as vossas recordações, sobretudo as dolorosas.

Por outro lado vocês podem, como num grande livro, percorrer as porções de vidas que viveram, porque tudo fica impregnado na vossa alma: o menor pensamento, o menor sofrimento, assim como todas as grandes alegrias. Poderíamos dizer que estão impregnadas nas vossas células humanas, mas isso não terá importância nenhuma porque elas ficarão na terceira dimensão.

Para estarem bem preparados para integrarem este novo mundo, é preciso que cortem o mais possível com tudo o que podem ter sido sofrimentos, medos, tristeza, desde que assumiram um corpo humano, desde a mais tenra infância até à idade que vocês têm atualmente.

Para saberem se a limpeza foi bem feita, vocês devem-se projetar no vosso passado e ver se há ainda há sofrimento relativamente a esta ou àquela circunstância, ver se a impregnação não é demasiado forte, se ainda há medos, tristeza, e então pedirem à vossa Divindade, ao vosso Ser Divino, que consuma tudo isso com a sua Luz e o seu Amor.

Recomendamo-vos que façam este exercício tantas vezes quanto possível, mesmo que tenham a impressão de que tudo está limpo, que tudo está claro em vocês, porque o vosso ego e o vosso mental, por vezes esconde-vos as realidades. Pedimo-vos que se preparem, que se elevem ao nível da consciência e que se preparem realmente para o mundo que vos espera, o mundo que cada um de vocês espera com toda a sua força. "


Pode reproduzir este texto e dar cópias sob as seguintes condições:
   
· Que não seja cortado
· Que não haja nenhuma alteração de conteúdo
   Que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
   Que o nome de Monique Mathieu seja mencionado
 
 
 

sábado, 20 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Inicio, auge et queda das civilizações


"Em cada planeta, a vida está em relação com os grandes ciclos de vida que correspondem ao percurso do sistema solar e da Mãe Terra, assim como da sua extraordinária viagem na vossa Galáxia."

Nesta época, a vossa civilização, a vossa Mãe Terra e o vosso sistema solar terminam um grande ciclo. Vocês conhecem este ciclo de 26.920 anos que encontram nas tradições e em muitos escritos que explicam os ciclos planetários e do sistema solar.

A cada ciclo de 26.920 anos há sempre um início de civilização com uma compreensão diferente (às vezes, o começo é um pouco difícil). Depois, existe o auge e a seguir a queda dessas civilizações.

Porquê três períodos em cada ciclo? Porquê um começo, a subida para o auge e de seguida o declínio?

Estes ciclos correspondem ao percurso que as almas devem fazer na sua encarnação. É claro que, no percurso de uma alma, existem mil e uma possibilidades, mil e um corpos que lhe permitem experimentar a vida neste mundo, noutros mundos e fora dos mundos da matéria.

Então porquê certas civilizações que chegaram ao auge foram, de certa forma, "obrigadas" a viver um declínio? Na verdade, não existe obrigação real, mas os seres humanos que encarnam neste mundo têm diferentes níveis de consciência (actualmente existem grandes diferenças entre os níveis de consciência dos seres humanos). Isso cria importantes desfasamentos e automaticamente a dualidade, mal-entendidos, guerras, e finalmente, o poder tomando sempre o controle da civilização, há uma queda inevitável. Esta queda não diz respeito, no entanto, a todos os seres que vivem numa civilização em declínio. Na verdade não há queda, há uma mudança permanente de consciência, de veículo de manifestação, de densidade e de nível de vibração, etc.

De momento, vocês vivem coisas absolutamente extraordinárias, muito mais extraordinárias que durante o período anterior (há 26.920 anos), porque no período em que vocês vivem, vocês vão realmente viver não apenas uma mudança de ciclo, mas também uma mudança vibratória excepcional. Vocês vão mudar de dimensão, enquanto nos ciclos anteriores em que a terra e o sistema solar viveram, não houve mudança de dimensão, houve simplesmente mudanças de ciclo que se repetem regularmente.

A diferença é que tudo vai subir mais um patamar muito importante, porque faz parte da programação do vosso mundo, da programação do vosso sistema solar, da programação do vosso sol e além mais.

As almas encarnam neste mundo desde há milhões de anos, mas cada período corresponde as experiências que essas almas vão ter de viver.

Actualmente, vocês estão muito diferentes dos seres que viveram na Hiperbórea, no continente Mu, na Atlântida, etc. Alguns daqueles que viveram durante esses períodos eram muito mais etéreos do que vocês, sobretudo aqueles que tinham o conhecimento, como os filhos da Lei de Um na Atlântida e também aqueles que estavam realmente na consciência superior, na consciência espiritual e que viveram noutros períodos e noutros continentes.

Esses seres tinham um corpo sem formas generosas, muito delgados e maiores, com uma densidade menor em relação à vossa. A cabeça era grande e alongada para trás. O cérebro era considerável, menos comprimido na caixa craniana que o vosso. Todas as glândulas do corpo funcionavam perfeitamente, o que não é o caso dos seres humanos de hoje.

O que o ser humano actual é, provem de uma degeneração pelo facto de os homens não estarem mais conectados com a sua própria divindade e sua alma.

Tudo está programado! Vocês não podem imaginar até que ponto tudo o que é vida está programado, quer seja na vossa Terra, noutros planetas ou mesmo o vosso sol !

Vocês têm a capacidade de evoluir ao vosso próprio ritmo, e aqueles que compreenderam, têm um livre arbítrio relativamente restrito. Nada é imposto a respeito da vossa própria evolução e do ritmo que vocês querem adoptar para conseguirem realmente sair da vossa densidade e das vossas experiências na terceira dimensão.

Voltando aos ciclos planetários. Na época actual, a vossa Terra e o vosso sistema solar encontram-se no mesmo lugar onde estavam há 26920 anos atrás, sitio onde vão entrar numas energias consideráveis que permitirão uma maior evolução para a consciência humana e toda a vida na Terra. A evolução será maior, o desenvolvimento da consciência dos seres humanos será mais importante.

Este ciclo, ao contrário do último, irá impulsionar-vos para uma dimensão mais elevada, para a quinta, e até mesmo para a sexta, para alguns de vocês.

Na sexta dimensão a vossa densidade será completamente diferente da actual, e até a da quinta dimensão. Vocês serão Seres que poderão parecer "inconsistentes", muito mais transparente.

Em fim de programa, muitas coisas são colocadas no lugar. Colocadas por quem? Por seres humanos? Não! Vocês têm a impressão que são os donos do jogo, que dominam o vosso planeta, que podem fazer tudo sobre ele e nele, mas no fundo o vosso poder é ínfimo.

Aqueles que programaram a vida neste mundo com todas as experiências que devem viver as almas, também programaram a "recuperação", a reestruturação de tudo o que foi sujo, danificado. A degradação existe nos vossos mares e sobre a terra, mas pode ser facilmente "reparada". "Isto terá lugar no final do programa estabelecido para a elevação das almas e das consciências neste mundo".

Pode reproduzir este texto e dar cópias sob as seguintes condições:
· Que não seja cortado
· Que não haja nenhuma alteração de conteúdo
· Que faça referência ao nosso site http://ducielalaterre.org
Que o nome de Monique Mathieu seja mencionado