...

Gota de luz dourada, ponto ínfimo, esvoaçando junto ás estrelas na imensidão do Universo, de constelações em galaxias, de sonhos em emoções, de fantasias em imaginação ...


Goutte de lumière dorée, point infime, virevoltant avec les étoiles dans l'immensité de l'Univers,de contellations en galaxies, de rêves en émotions, de fantaisies vers l'imagination ...






domingo, 29 de agosto de 2010

FW: POESIA

>
>
>
> QUEM SABE ? ....
>
>
> Queria tanto saber porque sou Eu !
> Quem me enjeitou neste caminho escuro ?
> Queria tanto saber porque seguro
> Nas minhas mãos o bem que não é meu !
>
> Quem me dirá se , lá no alto , o Céu
> Também é para o mau , para o prejuro ?
> Para onde vai a alma , que morreu ?
> Queria encontrar Deus ! Tanto o procuro !
>
> A estrada de Damasco , o meu caminho ,
> O meu bordão de estrelas de ceguinho ,
> Água da fonte de que estou sedenta !
>
> Quem sabe se este anseio de Eternidade ,
> A tropeçar na sombra , é a Verdade ,
> É já a mão de Deus que me acalenta ?
>
>
> FLORBELA ESPANCA

Sem comentários:

Enviar um comentário